ADS-B (Automatic Dependent Surveillance-Broadcast) é uma tecnologia de vigilância cooperativa, onde as aeronaves determinam sua posição através de informações coletadas de sensores GNSS (e.g., GPS) e periodicamente transmitem-nas através de ondas de rádio. Essa tecnologia consta dos novos conceitos operacionais e tecnológicos advindos da nova visão CNS/ATM global, fazendo parte das tecnologias a serem implantadas no Programa SIRIUS.

Uma vez que existe uma demanda reprimida para a implantação da tecnologia ADS-B em território nacional, a IACIT planejou o desenvolvimento de um rádio nacional e sua respectiva certificação, visando ser um dos provedores de equipamentos ADS-B para organizações públicas e empresas pertencentes ao SISCEAB.

Entretanto a tecnologia ADS-B, em virtude de suas características apresenta uma série de vulnerabilidades que podem tornar insegura a sua operação em caso de falhas não identificadas ou até mesmo ataques deliberados.

Dessa forma, IACIT e ICEA se uniram para o desenvolvimento de um rádio ADS-B nacional, bem como de um algoritmo de detecção de anomalias, visando prover ao SISCEAB de uma ferramenta que permita a rápida adesão a referida tecnologia, bem como suprir o mercado nacional de uma das competências estratégicas hoje no país, onde o papel do ICEA é o de apoiar (fomentar) a atividade de certificação, bem como gerar o supracitado algoritmo.